A dieta do chá verde funciona para perder peso? Esquema e menu de amostras

A dieta do chá verde funciona para perder peso? Esquema e menu de amostras

Dieta de chá verde, emagrecimento e anti-envelhecimento

O chá verde é uma das bebidas mais populares, mais apreciadas e mais estudadas do planeta. Naturalmente rico em antioxidantes, é um remédio anti-envelhecimento perfeito, capaz de dar uma aparência tonificada e radiante. Entre os seus admiradores, que estão principalmente concentrados no Oriente, há aqueles que juram que pode mesmo promover a perda de peso.

Como é que isto é possível?

Para desvendar o mistério, precisamos de compreender o que está escondido dentro deste extraordinário elixir de beleza. O primeiro composto é a cafeína (ou teína), com a sua conhecida actividade lipolítica, presente em quantidades que vão de 20 a 40 mg por chávena. Depois há várias catequinas, polifenóis com um marcado efeito antioxidante, que aumentam o metabolismo das gorduras e dos açúcares. Adquira o hábito de consumir chá verde, portanto, ajuda a perder peso naturalmente, desde que siga um estilo de vida saudável e uma dieta equilibrada.

Dieta do chá verde, esquema geral

A diferença mais marcante entre a dieta do chá verde e as dietas baixas calóricas comuns é que a primeira não requer renúncia. Não se eliminam os doces, não se exclui o salgado e ninguém proíbe os alimentos fritos, massas e pizzas. Tudo o que tem de fazer é beber uma chávena de chá pela manhã e uma antes das três refeições principais.

Se conseguir manter à distância as dores e os pecados da gula, os resultados chegam ainda mais depressa, revelando um corpo deslumbrante. Uma vez que os compostos químicos do chá verde actuam no tecido subcutâneo, a celulite e as manchas cosméticas relacionadas são também diminuídas. Isto não elimina o efeito de casca de laranja, que pode concentrar-se nos braços, abdómen, ombros e coxas, mas diminui progressivamente a sua intensidade.

LEIA MAIS  Dieta 1600 calorias: exemplo de menu semanal

Pequeno almoço, o passo inicial

O pequeno-almoço é a refeição mais importante do dia, uma vez que os nutrientes consumidos são rapidamente convertidos em energia. Aqueles que seguem a dieta do chá verde começam a sua rotina com 200 ml de bebida quente não adoçada.

Depois, pode consumir papas, um croissant, um sumo e até um cappuccino ou café. A presença de compostos bioactivos dentro do chá, melhora o estado de espírito e torna-o rápido, pronto a enfrentar o estudo, o trabalho e o desporto. É importante escolher um produto de alta qualidade, rastreável e orgânico, evitando misturas sem certificações. Isto porque os chás de baixa qualidade podem conter doses excessivas de flúor, mas fracas percentagens de polifenóis.

Almoço e lanche, como integrar a bebida

Pouco antes de se sentar para almoçar ou lanchar, é bom tomar a segunda dose de chá verde. No total, durante o dia, há 4 pausas semelhantes, mas aqueles que não bebem café, podem chegar a ter 5 ou 6.

O consumo da bebida, a montante da refeição, é útil para reduzir a ingestão calórica, uma vez que reduz significativamente o apetite. Contudo, é preciso ter muito cuidado e nunca exceder a dose de 200-230 ml por copo. Tanto a ingestão de líquidos como a de teína têm efeitos contraproducentes na digestão. Empurram para uma maior produção de ácidos, que nunca são benéficos, especialmente naqueles que sofrem de refluxo gastroesofágico.

O jejum do chá verde melhora os resultados?

É importante lembrar que o chá verde nunca deve ser bebido com o estômago vazio e nunca pode substituir uma refeição. As razões são muitas: o conteúdo em cafeína, embora limitado, pode causar ansiedade, agitação, taquicardia e insónia. Os taninos, que dão à bebida o seu aroma inconfundível, podem inibir a absorção de ferro e cálcio, minerais essenciais para o bem-estar psicofísico.

LEIA MAIS  O portal de calorias com tabela alimentar actualizada

As catequinas em excesso, finalmente, interagem mal com alguns medicamentos e com o ácido fólico, representando um problema para as mulheres grávidas.

Substâncias que promovem a perda de peso

Qualquer pessoa que afirma que a dieta do chá verde é eficaz, fá-lo com boas razões. De facto, existem numerosos estudos que esclarecem o que estimula a perda de peso corporal. Este conhecimento levou à criação de fórmulas cosméticas que prometem remover incómodos centímetros extra e alcançar silhuetas invejáveis. O que faz do chá verde um tal milagre não é apenas um composto químico, mas um conjunto complexo de substâncias que, em condições óptimas, trazem benefícios para o sistema nervoso, cardiovascular e imunitário.

Catequinas e EGCG

As catequinas são moléculas antioxidantes normalmente presentes no chá verde. O mais importante é o Epigallocatechallate (ou EGCG) e é o que mais estimula a perda de peso. Estudos publicados no American Journal of Clinical Nutrition mostram que a ingestão regular de EGCG leva ao aumento do consumo de calorias. Na prática, o corpo queima até 80 calorias mais diariamente, sem ter de fazer quaisquer alterações na dieta.

As catequinas, contudo, têm efeitos muito mais importantes e interessantes do ponto de vista científico. De facto, são antiproliferativos e neuroprotectores, ou seja, combatem o aparecimento de tumores e doenças neurodegenerativas.

Teína e cafeína

Um alcalóide amplamente distribuído na natureza, a cafeína no chá é chamada teína. Obtida de folhas secas de Camellia Sinensis, a bebida icónica pode ser marcada por valores imprevisíveis deste alcalóide. Uma razão para isto é a idade e o armazenamento das folhas, mas muito depende das técnicas de cultivo.

Os níveis são também influenciados pelo método de preparação, que requer entre 4 e 7 minutos de infusão em água a ferver. A theine é capaz de combater a letargia, a perda de concentração e a perda de motivação, melhorando o desempenho desportivo.

LEIA MAIS  Dieta de granola, como funciona para perder peso? Esquema e menu de amostras

Chá verde, truques para perder peso rapidamente

Como se viu, a dieta do chá verde é eficaz, mas existem truques para acelerar o processo de emagrecimento. É importante evitar petiscos não planeados, alimentos industriais e dobradiças nocturnas. É necessário consumir carboidratos principalmente ao pequeno-almoço, esquecer o álcool e amortecer as dores da fome com fruta fresca. Por último, mas não menos importante, é aconselhável envolver-se numa actividade desportiva.

Produtos recomendados para resultados rápidos e melhores

Todos sabemos que seguir uma dieta é difícil em si mesmo. Assim, por vezes é altura de “pedir uma pequena ajuda a partir de casa“.

Felizmente, no mercado existem produtos eficazes que aceleram o processo de emagrecimento e outros produtos que firmam o corpo. Para obter melhores resultados é recomendado seguir uma dieta, e adicionar um suplemento alimentar, e por quão pouco fazer actividade física com ferramentas simples em casa.

Eis o conselho do corpo editorial de dietapersonala.com

Slim4Vit

  • Acelera o metabolismo

  • Controlo da fome

  • Queima gordura

Keto Capsulas Actives

  • Reduz o peso

  • Reduz a gordura

  • Reduz o apetite

Fast Burn Extreme

  • Diminui a formação de gordura

  • Ajuda à definição muscular

  • Fortalece o sistema imunitário

Keto Diet capsulas

  • Normaliza o colesterol

  • Reduz o apetite

  • Reduz a transpiração